Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

AS PORTAS QUE ABRIL ABRIU

Ora passou-se porém

que dentro de um povo escravo

alguém que lhe queria bem

um dia plantou um cravo.


Era a semente da esperança

feita de força e vontade

era ainda uma criança

mas já era a liberdade.


Era já uma promessa

era a força da razão

do coração à cabeça

da cabeça ao coração.

Quem o fez era soldado

homem novo capitão

mas também tinha a seu lado

muitos homens na prisão.


Esses que tinham lutado

a defender um irmão

esses que tinham passado

o horror da solidão

esses que tinham jurado

sobre uma côdea de pão

ver o povo libertado

do terror da opressão.


Não tinham armas é certo

mas tinham toda a razão

quando um homem morre perto

tem de haver distanciação

uma pistola guardada

nas dobras da sua opção

uma bala disparada

contra a sua própria mão

e uma força perseguida

que na escolha do mais forte

faz com que a força da vida

seja maior do que a morte.


Quem o fez era soldado

homem novo capitão

mas também tinha a seu lado

muitos homens na prisão.


Posta a semente do cravo

começou a floração

do capitão ao soldado

do soldado ao capitão.


Foi então que o povo armado

percebeu qual a razão

porque o povo despojado

lhe punha as armas na mão.


Pois também ele humilhado

em sua própria grandeza

era soldado forçado

contra a pátria portuguesa.


Era preso e exilado

e no seu próprio país

muitas vezes estrangulado

pelos generais senis.


Capitão que não comanda

não pode ficar calado

é o povo que lhe manda

ser capitão revoltado

é o povo que lhe diz

que não ceda e não hesite

- pode nascer um país

do ventre duma chaimite.

 

 

 

Poema de José Carlos Ary dos Santos


publicado por anitta às 10:31
link do post | comentar | favorito
|

.OBRIGADO PELA VISITA

.MAIS SOBRE MIM


. ver perfil

. seguir perfil

. 21 seguidores

.PESQUISAR

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.POSTS RECENTES

. Não Digas Nada!

. Acreditar

. COISAS DA VIDA

. Mãe

. Chove. Há Silêncio

. Dizem que o tempo...

. Coro das crianças:

. Receita para 2017

. Mensagem Pedido de Natal ...

. Historia Antiga

totalgifs.com plantas-e-flores gif gif 103.gif
CONTADOR DE VISITAS
free web counter
totalgifs.com natal gif gif 07.gif
totalgifs.com estrelas gif gif 46.gif

.TAGS

. todas as tags

.FAVORITOS

. Lenda

. «Poesia em Rede» - o índi...

. SORTE INFERNAL

. Peregrinaçao

. Chaves - Rua das Longras,...

. O "Texas" em Vidago.

. FALA-ME DE AMOR