Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

No Entardecer dos Dias de Verão

verao.jpg

No entardecer dos dias de Verão, às vezes, 
Ainda que não haja brisa nenhuma, parece 
Que passa, um momento, uma leve brisa... 
Mas as árvores permanecem imóveis 
Em todas as folhas das suas folhas 
E os nossos sentidos tiveram uma ilusão, 
Tiveram a ilusão do que lhes agradaria... 
Ah, os sentidos, os doentes que vêem e ouvem! 
Fôssemos nós como devíamos ser 
E não haveria em nós necessidade de ilusão ... 
Bastar-nos-ia sentir com clareza e vida 
E nem repararmos para que há sentidos ... 
Mas graças a Deus que há imperfeição no Mundo 
Porque a imperfeição é uma cousa, 
E haver gente que erra é original, 
E haver gente doente torna o Mundo engraçado. 
Se não houvesse imperfeição, havia uma cousa a menos, 
E deve haver muita cousa 
Para termos muito que ver e ouvir ... 

Alberto Caeiro, in "O Guardador de Rebanhos - Poema XLI" 
Heterónimo de Fernando Pessoa 

Recomeçar

images.jpg

Recomeçar é como renascer e ver o sol em um mundo de liberdade.
É crer que a vida se reanima diante de teus olhos fora da escuridão.
É saber que toda via tudo pode continuar

Recomeçar é como renascer da sombra de um passado que agora não conta mais.
é tornar-se simples, procurando nas pequenas coisas a felicidade.
É construir a cada momentoo teu amanha.

Recomeçar é como dizer sim a vida para libertar-se e voar sobre o horizonte além do limite,
onde a imaginação não tem medo.
É ver tua casa tornar-se grande como o mundo.

Recomeçar é acreditar no amor 
e sentir que mesmo na dor 
a alma pode cantar e não conter-se jamais.

Desconhecido

 
 

Simplicidade

"Saiba que a simplicidade é ter o céu e querer apenas 

uma estrela;

É ter o mar e querer apenas uma gota;

É ter o mundo e querer apenas uma pessoa: você".

Bruno César

 
 

O TEMPO

prendere-tempo.jpg

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. 
Quando se vê, já são seis horas! 
Quando de vê, já é sexta-feira! 
Quando se vê, já é natal... 
Quando se vê, já terminou o ano... 
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! 
Agora é tarde demais para ser reprovado... 
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. 
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas..

 

Mario Quintana

 

 

Minha mãe

Esta é uma semana tão triste para mim, semana tão cheia de recordações. Vai fazer um ano em que eu te disse tudo o que ia na alma, no último dia já não ouviste as minhas palavras de tristeza, já não vias as minhas lágrimas o meu desespero porque eu sabia que te ia perder, muitas vezes eu pensava que estaria preparada para o momento da tua partida, sabes eu não estava afinal. Desde esse dia o meu mundo ficou mais pobre. Eras tudo para nós é muito para mim. Todos Os dias eu te recordo e será assim para sempre minha mãe.

27 de Junho de 2017

Um ano se passou, quanta saudade, quanto sofrimento que nos causou a separação, porém hoje sentimos uma suave brisa no nosso rosto e temos certeza de que ele continua aqui, mesmo que não o estejamos vendo, mas sua presença é sentida em todos os momentos de nossas vidas.

Esperança

IMG_0722.JPG

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...

Mario Quintana

Sempre que Tiveres Dúvidas

photo.jpg

Sempre que tiveres dúvidas, ou quando o teu eu te pesar em excesso, experimenta o seguinte recurso: lembra-te do rosto do homem mais pobre e mais desamparado que alguma vez tenhas visto e pergunta-te se o passo que pretendes dar lhe vai ser de alguma utilidade. Poderá ganhar alguma coisa com isso? Fará com que recupere o controlo da sua vida e do seu destino? Por outras palavras, conduzirá à autonomia espiritual e física dos milhões de pessoas que morrem de fome? Verás, então, como as tuas dúvidas e o teu eu se desvanecem. 

 

 

Mohandas Gandhi, in 'The Words of Gandhi' 

 

Ciclos

Imagem1.png

 

Sombras

Um peso, uma tristeza, Frustações, cansaços. Sensação do nada, Desilusões. Vazios, sombras, Passadas. Não mais reconheço Minha natureza De outrora. Fim de jornadas, Ciclo de vidas, Vividas, Em mil lugares; Perdidas, Em mil pedaços. Dores, alegrias, Sofrimentos. Vitórias, conquistas, Derrotas, arrependimentos. Encruzilhada do ser E do não-ser. Victor Motta

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

VISITAS

contador grátis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D