Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

NATAL

http://www.espombal.edu.pt/semente/imagens/200712/estrela_de_natal.gif

Natal seiva de esperanças, destino e lembranças amáveis,
De amizades e ternuras, desejos, aspirações e sonhos realizáveis.
Data bendita, de afagos que mourejam esperanças e ternuras,
Albergando amor e carinho sem momentos tristonhos, só felizes!
A vida reflecte paz e ternura, no espelho dos corações emoldurados,
Corações de todos os matizes, fracos, fortes, felizes e abarrotados.
Desfazendo os deslizes, imanando ternura, compreensão e alegrias incalculáveis;
 Belas feitas aguarelas no sibilar das paixões plausíveis e eternizadas.
Na esperança, na lembrança dos amores renascidos, brotados e cultivados,
Nos corações sadios, jovens, saltitantes de energias colossais e magistrais;
 Energias que fazem as estrelas no céu transpirarem felicidades,
Na centelha da luz vem à sedução que nos levará as alturas benditas.
Na ternura que desvenda a beleza e o encanto sedutor no carinho angelical.
Do amor, que se mostra na introspecção de nosso ego, superego e algo mais.
Nas verdades, sensações, nas esperanças e vaidades, nas fraternidades e caridades,
nos sismos de sabedoria eternizados em profundidade.
O largo caminho árduo, espesso torna-se colossal,
dramatizando a figura de um anjo do Natal que brilha reluzente,
Na nascente emoldurada, da vida sem tropeços com alegrias em demasia.
As esperanças sombrias transformam-se em luzes douradas.
Anjos e arcanjos guiam nossos passos faustos de energias.
Do raiar do sol até a noite feliz com encantos e brilhos,
anunciando um novo ser especial que nos guiará a eterna sabedoria e felicidade,
que de amor se faz. As flores crescem o amor brota renitente em nossos anseios,
o Natal chega de mansinho trazendo alegria e carinho que devemos auri luzir
esquecendo os serões passados, tudo é festa regada a amor e carinho
que devemos ofertar e receber.
Com seivas de amor, néctar de paz e que não se arrefeça jamais.
O símbolo da esperança, da amizade, da compreensão,
traga-nos o homem bem quisto, 
ele é o Cristo em forma de menino Jesus!

 

 

 

Antonio Paiva Rodrigues

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D