Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

...

Imagem3

No coments!!!

A Festa continua...

 

Sempre sentados à mesa, copos na mão e para testemunhar não dispensam a máquina fotográfica.

É que eles não querem jurar falso. ehehehehe

 

Feliz Aniversário Sandra Del Pino

 

 

 

 

hoje dia 27 de Abril,estamos contigo Sandra Rebollo del Pino,(Burgos) desejamos-te um feliz aniversário.(dos de las estrellas del camino).Barroquinho e Humberto(matemático).

Revolução de Abril, PORTUGAL 1974

Bodas de Prata

Beijando teus lindos cabelos
Que a neve do tempo marcou
Eu tenho nos olhos molhados
A imagem que nada mudou
Estavas vestida de noiva
Sorrindo e querendo chorar
Feliz, assim, olhando para mim
Que nunca deixei de te amar

Vinte e cinco anos vamos festejar de união
E a felicidade continua em meu coração
Vai crescendo sempre mais o meu amor por ti
Eu também fiquei mais velho e quase não senti

Vinte e cinco anos de veneração e prazer
Pois até nos momentos de dor
O teu coração me faz compreender
Que a vida é bem pequena para tanto amor

Estavas vestida de noiva
Sorrindo e querendo chorar
Feliz, assim, olhando para mim
Que nunca deixei de te amar

 

Carlos Galhardo

Fim de semana

Um belo fim de semana, passado na casa de campo do Dr. Barroquinho, e posso dizer que se estava muito bem na sua adega!!

...

 

 

Decorreu entre os dias 17  e 19 do corrente mês mais um “Fórum da Educação”, uma iniciativa da Câmara de Chaves, em parceria com o Centro de Formação de Professores da Associação das Escolas de Chaves e Boticas. Realizado de dois em dois anos, o Fórum da Educação tem como principal objectivo a divulgação das actividades realizadas pelos alunos com a ajuda dos seus professores e formadores.

Tivemos a presença dos alunos do Centro de Formação Profissional de Chaves, e da Escola Profissional de Chaves, que estiveram a dar Formação ao vivo.

Paralelamente a tudo isto tivémos  espectáculos de música, dança, teatro e poesia, protagonizados por alunos e professores, das diversas escolas.

 

Cria fama, deita-te na cama

Tendo em consideração a frase acima transcrita, poderíamos ser levados a pensar que a máxima se mantém.

Digo isto, pensando num local bem aprazível ao qual fui jantar no sábado passado.

No passado com o nome  restaurante "Colinas do Sol" cuja imagem não era a melhor aos olhos do público.

Mas neste momento abriu com nova gerência," Bela Vista", gerência formada por dois irmãos dois bons profissionais e pessoas bem qualificadas a nível de formação no ramo.

Apraz-me dizer que fui muito bem servida e convido a todos a visita-lo e deliciarem-se com as iguarias que por lá se fazem.

Fica feito o convite. Espero que apreciem.

Digam lá … não é de fazer  crescer água na boca?

Lenda das duas chaves

 

 

No tempo que reinava o imperador Tito Flávio Vespasiano, as legiões romanas chegaram triunfantes à Ibèria, atravessando as regiões da Galiza e de Trás-os- Montes. Porque a terra era boa, fixaram-se nesta última província, começando a construir estradas e pontes.

Ora , tendo os romanos uma autêntica devoção pela água, grande foi a sua alegria quando descobriram “águas quentes jorrando da terra”.

Construíram logo aquedutos e um grande tanque onde se iam banhar, conseguindo curas fantásticas por intermédio dessas águas medicinais. Tal foi a sua fama, que chamaram à cidade ali construída “ Aquae Flaviae” ( nome que os romanos deram à vila de águas que produziam curas maravilhosas, aludindo à  proficiência das suas águas e à família dos Flávios).

Tão progressiva se tornou, que o próprio imperador Tito Vespasiano, colocou ai como procurador, um seu primo, o jovem Décio Flávio, então comandante da Legião Sétima.

Certo dia, o cônsul Cornelio Máximo, recebeu em Roma uma mensagem do jovem Décio Flávio, e achou por bem consultar sua filha Lúcia. O cônsul apresentou a sua filha uma caixa forrada de seda e contendo duas chaves de ouro, que simbolizavam saúde e amor.

Décio, na sua mensagem oferece um lugar em Aquae Flaviae, para que Lúcia tenha possibilidade de tomar os banhos dessas águas extraordinárias e encontre a cura para os seus males (pois estava cheia de feridas na cara e mãos). Alguns meses passaram, obtida a necessária licença do Imperador Vespesiano .

Cornélio  Maximo seguiu com sua filha para a então famosa Aquae Flaviae, uma das mais florescentes cidades do Império, na Península.

Duas semanas depois de chegarem e de tratamento já se notavam melhoras em Lúcia.

Agradeceu a Décio Flávio aquela caixa tão bonita forrada de seda e contendo duas chaves de ouro. O jovem romano acariciou os cabelos da sua amada e pediu-lhe:

-“Lúcia, guarda essas duas chaves por toda a nossa vida”.

Ela respondeu:” assim farei, e se possível for, que elas fiquem por toda a nossa eternidade, contando à gente vindoura o que pode um verdadeiro amor”.

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

VISITAS

contador grátis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D