Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

Logroño-Nájera

 

 

A partir deste ponto começa uma fase diferente do Caminho de Santiago. Deixa-se para trás as etapas navarras com os seus contínuos sobe e desce e começam os traçados “riojanos”.

 

 

 

 

 

 

Aqui estamos mais uma vez a fazer novas amizades. Desta vez temos a companhia de duas caminheiras, Bélem e Sandra, que nos acompanharam durante esta etapa.”

 

 

 

 

Amigos Caminho de Santiago

Los Arcos-Logroño

Neste tramo de vinhedos navarros chamados de Rioja, deixamos para trás o velho reino e cruza-se o Ebro para chegar a Logroño.

“Espanha:Navarra, Aragão e Catalunha em alerta para inundações”

As regiões espanholas de Navarra, Aragão e Catalunha encontram-se em alerta devido à subida do nível das águas do rio Ebro de vários dos seus afluentes, cujo caudal chegou quase aos 3.000 metros cúbicos por segundo em alguns locais.

No entanto, não se espera que o aumento atinja os 3.300 metros por segundo que se registaram nas graves inundações de 2003.

A subida águas levou já à evacuação de dezenas de casas em várias localidades de Navarra, onde foi activado o nível de alerta 1 (numa escala de 0 a 3) do Plano de Emergências face a Inundações.

Entretanto, encontram-se cortadas dezenas de estradas.

Em Aragão, prepara-se a evacuação de pessoas idosas e doentes em algumas localidades, esperando-se que entre a noite de hoje e quinta-feira o aumento das águas possa atingir entre cinco e seis metros na capital aragonesa.

Entretanto, prosseguem os trabalhos de protecção e reforços de diques que permitam evitar inundações de zonas urbanas nas próximas horas.

Na Catalunha, o Governo regional activou a fase de alerta do plano especial de emergências para inundações em várias comarcas devido à subida do caudal do Ebro.”

03-04-2007 14:34:46

In: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=10&id_news=270145

 

“Devido às inundações provocadas pela subida do nível das águas do rio Ebro, não conseguimos seguir em frente pelo caminho original de Santiago pois estava inundado. Assim, vimo-nos obrigados a alterar a nossa viagem por estradas nacionais.”

Amigos Caminho de Santiago

Estella-Los Arcos

Podemos considerar esta etapa fácil entre Estella até Los Arcos. Os caminheiros vão encontrar os primeiros 6  Km  de asfalto a subir e um resto de bom caminho. Mas esta etapa obriga-os a tomar uma decisão. Á saída de Avegui, a 2 km de Estella, à uma placa com duas opções: seguir directo para Asqueta ou então virar à esquerda passando por Irache. Seguir a segunda opção é quase obrigatório por três motivos: manter o traçado original do caminho, ver a beleza do Monasterio de Irache e passar na Fuente del Vino que se encontra a 700 metros da escolha. O preço que se há-de pagar para disfrutar de tudo isto é unicamente uma subida de quase 5 km, mas que por ser em asfalto não apresenta maior problema.

Puente dela Reina-Estella

 

Nesta etapa os nossos caminheiros terão que passar pelo fundo do vale aproveitando caminhos de terra. Continuam as subidas e descidas das anteriores etapas, no entanto, todas as dificuldades deste traçado serão recompensadas quando os nossos caminherios contemplarem a Igreja de Santo Sepulcro em Estella e o encanto da calçada romana ainda intacta de Cirauqui.

“A nossa caminhada de hoje foi marcada pela presença constante da nossa amiga chuva, que apesar de fria, não nos impediu de continuar com força e ânimo.”

Novos companheiros de Viagem.

Enrico e esposa-Suiça

Que Santiago de Compostela esteja convosco votos de Portugal

 

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D