Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

ADEUS ANO VELHO,FELIZ ANO NOVO

Mais um ano que passou...
Solta-se a alegria que há em nós,
Mal o relógio dá as doze badaladas...
Festeja-se, salta-se, sorrisos nos lábios...
Lágrimas que caem, sem se saber porquê,
Loucura, desejo, beijos...
Passas que se engolem em mil desejos...
Foguetes de cores que iluminam o céu,
Fogo que se solta num momento de fantasia...
Champanhe que se despeja, copos que se tocam,
Brindes e vivas que se dão...
Mais um ano que passou,
Adeus ano velho, feliz ano novo,
No entanto e quando os olham despertam...
Todos tomamos consciência,
Que nada mudou!
A guerra continua em tantos pontos do globo,
Armas que não se calam, uma foice que varre, destruição...
Continua a haver gente que morre à fome,
Procurando no lixo um pedaço de pão...
Continuam famílias na miséria,
Sem tecto para viver, sem história para contar...
Continuam a existir milhões de refugiados,
Gente que fugiu da dor, que vivem sem saber...
Continua a haver crianças que sofrem sem saberem sorrir,
Que não sabem brincar, que não sabem ser crianças...
Continua a haver tantas e tantas mães que choram,
Com filhos a morrerem nos seus braços...
Continua um planeta que morre lentamente,
Num negro que o envolve, numa poluição que o abraça...
Continuamos a ver a dor em muitos rostos fechados,
Doenças que alastram, jovens que se injectam...
Continua tudo igual a ontem...
Viva o ano novo, adeus ano velho,
Mas... haverá motivos para festejar?

 

 

http://marsonhos.blogspot.com/

ANO VELHO

Ano Velho declinando,
      longe não vejo os momentos
      em que estive arrumando
      as coisas e os sentimentos,
      jôio e trigo separando,
      limpando compartimentos,
      minha casa aprontando
      p’ra luz do seu nascimento…

      Ano findando, eu pensei:
      - O que, vivendo, aprendi?
      Como foi que empreguei
      o tempo que recebi?
      Quanto jôio arranquei
      e quanto trigo eu colhi?
      Quantos sonhos realizei,
      e de quantos me desfiz?

      Despeço-me, agradecida,
      do período que está findo,
      por ajustar minha vida
      p’ro ano que vem surgindo.
      Esperança revivida
      e novo alento sentindo,
      alma canta em acolhida:
      Ano Novo, és Bem-Vindo!

Lêda Mello

Nascimento

 

 

Dizem que nascemos
e tudo é igual no grito que damos
no ar que nos dá de presente a vida
naquele respirar já fora da água

Parece que no início
é igual o menino do bairro da lata
e a criança que se deita em finos panos
iguais na procura do sopro da vida

Mas passado um minuto
talvez até nem sequer um segundo
que o tempo aqui é coisa relativa
para um se fecham as portas do mundo
que engalanadas o outro recebem
abrindo doces caminhos de esperança

Contam que em Dezembro
escolheu vir ao mundo entre os animais
em palhas tecidas de pobre humildade
alguém que igualou as duas crianças
lhes poisou nas mãos o dote do amor
e as guiou firme nos caminhos da paz

Contam, que eu não sei
se é história, se é sonho que alguns sonharam
e que, sem piedade, outros da terra apagaram.

 

(este texto foi escrito para a Noite de Poesia em Vermoim, cujo tema era "Nascimento")

A vergonha do meu Pais''

0005g899

Encerramento do bloco de partos do Hospital de Chaves

A partir de hoje à meia-noite que as parturientes da área de influência do Hospital de Chaves (Boticas, Valpaços e Montalegre) vão ser reencaminhadas para Vila Real. A sala de partos flaviense encerra hoje, pelos menos esta era a data de fecho avançada pela Administração de Saúde do Norte, citada pela Lusa, na quarta-feira passada.

E agora perguntamos?

Será que pensaram nas familias, que não têm viatura própria, e cujos ordenados nao chegam para pagar a “taxis”, Claro que não pensaram este permenor passou-lhes muito à frente.

Vocês Suas Excelencias têm tudo a mão de semear, porque interessar-se por aquele que não tem!!!

Esperem pelo meu voto, já a muito tempo deixei de gastar as solas dos meus sapatos para me deslocar a uma urna!!!

 

Feliz Aniversário

recados para orkut

Santo Estêvão

 

Santo Estêvão é o primeiro mártir do Cristianismo, sendo considerado santo por quase todas as denominações cristãs: Igreja Católica, Igrejas Ortodoxas e a Comunhão Anglicana. É celebrado a 26 de Dezembro no Ocidente e a 27 de Dezembro no Oriente.

Segundo os Actos dos Apóstolos, Estêvão foi um dos sete primeiros diáconos da igreja nascente, logo após a morte de Jesus, pregando os ensinamentos de Cristo e convertendo tanto judeus como gentios. Segundo Étienne Trocmé, Estevão pertencia a um grupo de cristãos que pregavam uma mensagem mais radical, um grupo que ficou conhecido como os helenistas, já que os seus membros tinham nomes gregos e eram educados na cultura grega e que separou do grupo dos doze apóstolos. Também eram conhecidos como o grupo dos 7. Foi detido pelas autoridades judaicas, levado diante do Sinédrio (a suprema assembleia de Jerusalém), onde foi condenado por blasfémia, sendo sentenciado a ser apedrejado (Act, 8). Entre os presentes na execução, estaria Paulo de Tarso, o futuro São Paulo, ainda durante os seus dias de perseguidor de cristãos.

 

Belém

Já era muito tarde quando chegaram a Belém, e Maria estava muito cansada. A cidade estava cheia de gente e de barulho, por causa de todos os que tinham vindo registar-se.

José tentou encontrar um quarto nas várias estalagens, mas já nenhuma tinha lugar.

Continuaram a percorrer as ruas à procura de um lugar onde dormir, José puxando o burro pela arreata e Maria montada nele.

Bateram à porta da última estalagem da terra, mas também aí já não havia lugar. Havia um estábulo perto, que estava limpo e era abrigado.

José levou-os até lá. Ajudou Maria a descer do burrinho e fez uma cama com palha, que cobriu com uma manta, para todos descansarem.

À meia noite, o filho de Maria nasceu.
Maria embrulhou-o num pano e José encheu uma manjedoura com palha limpa e fofa e nela deitaram o bebé.
Chamaram-lhe Jesus, tal como dissera o anjo.

Parabéns Eduardo

Aniversário é época de refletir
quanto ao que passou, e o que desejamos
para o futuro...
 
É um bom momento para recomeçar...
Que nesta data seja um ponto de partida de
grandes descobertas e fantásticas realizações!
 
"Que os teus sonhos se realizem
numa real felicidade traduzindo a
tua vontade de que vale a pena viver."
 
Que Deus te ilumine e prospere a  tua vida
em todos os sentidos.

Eduardo nasceu a 24 de dezembro quando eram 14h:50m do ano 1986
feliz aniversario filho...
0005eaaf

VIRÃO ADORAR-VOS, SENHOR,

 

Virão adorar-Vos, Senhor,

                     todos os povos da terra.

 

Ó Deus, concedei ao rei o poder de julgar

e a vossa justiça ao filho do rei.

Ele governará o vosso povo com justiça

e os vossos pobres com equidade.

 

Florescerá a justiça nos seus dias

e uma grande paz até ao fim dos tempos.

Ele dominará de um ao outro mar,

do grande rio até aos confins da terra.

 

Os reis de Társis e das ilhas virão com presentes,

os reis da Arábia e de Sabá trarão suas ofertas.

Prostrar-se-ão diante dele todos os reis,

todos os povos o hão-de servir.

 

Socorrerá o pobre que pede auxílio

e o miserável que não tem amparo.

Terá compaixão dos fracos e dos pobres

e defenderá a vida dos oprimidos.

 

A adoração dos Pastores

0005c2ak

 

 

Nas colinas à volta da cidade de Belém, alguns pastores estavam reunidos à volta das fogueiras, guardando os seus rebanhos.

De repente, viram uma luz brilhante surgir no céu escuro e um anjo apareceu-lhes, assustando-os. O anjo disse-lhes:
- Não tenhais medo. Trago-vos uma boa notícia, para vós e para todo o mundo. Nesta noite, em Belém, nasceu o Salvador.

E logo a seguir, mais anjos surgiram no céu cantando louvores:
- Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade.

Pouco a pouco, a luz começou a diminuir e todos os anjos desapareceram lentamente.
Os pastores decidiram logo que tinham de ir procurar essa criança. Desceram das colinas, encontraram o estábulo e entraram devagarinho.

Viram o menino na manjedoura, aquecido pelo bafo do burrinho e de uma vaca deitados ao seu lado, e logo se ajoelharam a adorá-Lo. Em seguida contaram a Maria e a José o que o anjo lhes tinha dito.

Mais tarde, deixaram-nos e foram felizes a Belém dizer a toda a gente que o Filho de Deus nascera, e depressa todos souberam do nascimento de Jesus.

Cantando louvores a Deus, ao fim da noite, os pastores voltaram às suas colinas e aos seus rebanhos

 

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

VISITAS

contador grátis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D