Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

ADEUS ANO VELHO

 

 

 

FELIZ ANIVERSÁRIO

FELIZ ANIVERSÁRIO

Feliz aniversário, filho
Olá filho! Hoje eu gostaria de te homenagear, porque hoje “ONTEM DIA 24 DE DEZEMBRO” é o teu aniversário... Na verdade eu queria que soubesses,  como esse dia é importante pra mim,
é como se neste dia, eu tivesse conquistado um grande prêmio no passado. beijinhos

NASCEU O MENINO JESUS parte 3

 

Depois, admirada, perguntou-lhes:
-         Como souberam que estávamos aqui?
http://www.tribunadeituverava.com.br/fotos_noticias/815.jpg
 
Os Reis Magos responderam:
- Vimos no céu uma estrela que brilhava noite e dia. Seguimo-La até Belém para adorar o Menino.
 
http://mentedespenteada2.blogs.sapo.pt/arquivo/reis%20magos.jpg
Depois de darem os presentes que traziam, os três Reis Magos despediram-se. Maria e José vieram à porta dizer-lhes adeus.
-         Adeus e obrigado! – Disse José.
- Adeus e obrigado! – Disse Maria.
 
http://sal.zip.net/images/presepio.jpg
Esta maravilhosa história da estrela que guiou os pastores e os reis até ao estábulo onde Jesus nascera… esta maravilhosa história que todas as crianças do mundo conhecem…é a História do Natal!
 
 
“ Alegrem-se o Céu e a Terra,
Cantemos com alegria.
Que nasceu o Deus Menino
Filho da Virgem Maria.”
 
 

NASCEU O MENINO JESUS parte 2

http://images.quebarato.com.br/photos/big/6/B/FF6B_1.jpg

 

Os pastores aproximaram-se com os seus carneirinhos.
- Será aqui? – Perguntou um pastor.
-         Será aqui, neste pobre estábulo, que nasceu Jesus? – Perguntou o outro.
Deixando os carneiros a pastar no campo, os pastores entraram devagarinho no estábulo.
 
http://www.forcadosdemonsaraz.com/imagens/img/presepio.jpg
 
E viram o Menino deitado na manjedoira, rodeado pelos pais.
-         Este é Jesus! – Diz Maria.
-         Este é Jesus! – Diz José.
Os pastores ajoelharam-se diante do Menino para o adorar. A estrela continuava a brilhar, a brilhar… Que noite tão linda!
 
http://www.ailtonmedeiros.com.br/wp-content/uploads/2007/07/reis.jpg
Mas a boa nova chegara ao deserto e de lá vieram os três Reis Magos montados em camelos e guiados pela estrela. Vinham visitar o Menino Jesus e trazer-lhe presentes.
http://www.infoescola.com/files/2009/08/1-89fcc9e448.jpg
O primeiro, Melchior, trouxe-lhe ouro.
O segundo, Gaspar deu-lhe incenso. O terceiro, Baltasar, ofereceu-lhe mirra.
Ai que presentes tão belos!
 
Maria pegou no Menino ao colo e apresentou-o aos três reis.
 
 
 
continuará---

 

NASCEU O MENINO JESUS

 
https://1.bp.blogspot.com/_Tvqj1V81rtE/SVKoItSC60I/AAAAAAAABUM/RlW_QPs8VuY/s400/menino+jesus+2.jpg
 

Há muito, muito tempo num país lá longe… por uma noite escura, dois pastores vigiavam o seu rebanho de carneiros. Mas, de repente, apareceu no céu uma luz tão brilhante que deslumbrou os pastores!

 

 

 http://luteranos.files.wordpress.com/2009/04/ovelha.jpg
Essa luz suave e linda vinha de um anjo que sorriu aos pastores e lhes anunciou o nascimento de um menino em Belém… um menino chamado Jesus.
Ide vê-lo – pede o anjo aos pastores.
Está num estábulo, deitado numa manjedoira.
Virá uma estrela para vos guiar!
 
https://1.bp.blogspot.com/_KuF1MA6E_18/STcej4XRmEI/AAAAAAAABaQ/wMfUJGqI8dA/s400/Estrela_de_Natal_IV%5B1%5D.jpg
 

 

 

Então o céu ficou coberto de anjos que cantavam com voz doce:
- Glória a Deus nas alturas! – Os pastores estavam encantados. Depois, os anjos desapareceram e o céu ficou, outra vez, escuro.
 
https://1.bp.blogspot.com/_jhw7rheNszw/R2mTBC4z_9I/AAAAAAAAALc/YD6JToox0jI/s400/pastores_belem.jpg
 
 
Antes do nascer do dia, os pastores foram para Belém e levaram com eles todos os carneiros.
 
Andaram, andaram, andaram, guiados por uma estrela que parou em Belém mesmo por cima de um estábulo que parecia abandonado.

CONTINUARÁ...

 

 

 

 

 

FELIZ NATAL 2009

A Loja dos Brinquedos

 

Na loja dos brinquedos ninguém estava satisfeito.
- Já disse que não vou e não vou mesmo! Vocês é que são meus amigos!  - gritou a Boneca vaidosa.
- Eu também não saio daqui, nem que seja à força! - disse o Carrinho.
Claro que o Soldadinho e a Guitarra concordaram. Também não iriam passar o Natal longe dali, numa casa qualquer.
- É que nós somos uma grande família! – exclamou o soldadinho. – E, para mim, o Natal só faz sentido com todos vocês!
No momento em que a discussão estava realmente acesa, o empregado da loja ouviu o que diziam os brinquedos. Aproximou-se e disse-lhes:
- Já viram bem o disparate que estão a dizer? Não saírem daqui no Natal?
Quando alguém vos vier comprar, vai ser para vos oferecer a alguma criança que vai tornar-se vossa amiga…
O Carrinho de pilhas interrompeu-o:
- Mas os nossos amigos estão aqui!
- Pois, mas as crianças vão brincar convosco e vão ser vossas amigas de verdade.
E não há nada melhor do que faze-las sorrir!

 

 

 

 

 

 
Narrado por Claúdia vieira

 

 

 

BALADA DA NEVE

Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim.

É talvez a ventania:
mas há pouco, há poucochinho,
nem uma agulha bulia
na quieta melancolia
dos pinheiros do caminho...

Quem bate, assim, levemente,
com tão estranha leveza,
que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía
do azul cinzento do céu,
branca e leve, branca e fria...
. Há quanto tempo a não via!
E que saudades, Deus meu!

Olho-a através da vidraça.
Pôs tudo da cor do linho.
Passa gente e, quando passa,
os passos imprime e traça
na brancura do caminho...

Fico olhando esses sinais
da pobre gente que avança,
e noto, por entre os mais,
os traços miniaturais
duns pezitos de criança...

E descalcinhos, doridos...
a neve deixa inda vê-los,
primeiro, bem definidos,
depois, em sulcos compridos,
porque não podia erguê-los!...

Que quem já é pecador
sofra tormentos, enfim!
Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dor?!...
Porque padecem assim?!...

E uma infinita tristeza,
uma funda turbação
entra em mim, fica em mim presa.
Cai neve na Natureza
. e cai no meu coração.

 

 

 

http://fumacas.weblog.com.pt/arquivo/082763.html

 

O Cavalinho de Madeira

 

Há já dias que o velho cavalinho de madeira do João não pensava noutra coisa:
-Já estou mesmo a ver… No Natal, o João vai receber tantos presentes que nunca mais se vai lembrar de mim!
Esta ideia não lhe saia da cabeça. Não podia deixar que um brinquedo qualquer ocupasse o seu lugar.
Amuado, o Cavalinho deitou-se no chão, e o João só se apercebeu de que havia algo estranho quando ele esticou uma das patas e lhe tocou no pé.
- Mas o que é que te deu para estares aí deitado? Dói-te alguma coisa?
- Estou preocupado com o Natal! – Respondeu o Cavalinho. – Com tantos presentes que vais receber, tenho a certeza de que não nos vamos voltar a divertir-nos como dantes, nunca mais vamos brincar aos cowboys nem viajar pelo mundo…
Na noite de Natal, depois de abrir os presentes, o João não resistiu a ir buscar o seu eterno companheiro de aventuras. Levou-o até á sala e, na companhia dos brinquedos novos, o João e o seu cavalinho de madeira partiram numa viagem pelo mundo da brincadeira.
Este Cavalinho era realmente muito especial para ele.
 
 
 
Narrado por Francisco Menezes
 

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

VISITAS

contador grátis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D