Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

Amigos São Flores e Poemas

Amigos são flores...
 
São flores plantadas ao longo do nosso caminho para que saibamos encontrar
primavera o ano todo.
 
Quando o outono chega, cheio de beleza e melancolia, os amigos estão
presentes nos trazendo alegria.
 
E, quando o inverno vem frio e escuro, trazendo saudades e noites longas, os amigos
nos trazem calor e luz com o brilho da sua presença.
 
Essas flores belas perfumam nossa existência e nos fazem ver que não
estamos sozinhos.
 
Se amigos são flores que duram um ano ou um dia não faz diferença, porque o
importante são as marcas que deixam nas nossas vidas.
 
São as horas compartilhadas, horas de carinho, horas de amor e cuidado.
 
Um amigo que se doa sem esperar um retorno, que se entrega pelo prazer de
ver a felicidade do outro, é uma flor que merece cuidados especiais; um ser
grande e importante que nos emociona só pelo fato de existir.
 
É alguém que consegue chegar até nossa alma... É um presente de Deus.
 
Se todo o mundo nos virar as costas e, no meio desse mundo, uma flor, nem que
seja uma única flor de amizade nascer em nosso jardim, então toda a vida já terá
valido a pena.
 
Amigos são poemas...
 
Os verdadeiros amigos são a poesia da vida. Eles enchem nossos dias de cores,
rimas e risos, e nos seguram a mão quando caminhar parece difícil.
 
Eles nos mostram que mesmo em dias nublados o sol está no mesmo lugar,
e nos ensinam que a chuva pode ser uma canção de ninar nas noites solitárias e
vazias.
 
Um amigo é alguém que nunca nos deixa só, mesmo quando não pode estar
presente, pois sabemos que um pedacinho do seu coração está conosco.
 
Um amigo é alguém que pensa na gente mesmo estando separado por mil mares...
 
É alguém por quem a gente sabe que vale a pena viver...
 
Um amigo nem sempre diz sim, quando dizemos sim, e não, quando dizemos não.
 
Mas ele vai nos fazer entender com mais clareza aquilo que não conseguimos
entender sozinhos.
 
Um amigo é um bem precioso que não devemos deixar guardado numa caixinha

de jóias, para usá-lo quando precisamos, mas tê-lo sempre presente junto

a nós, mostrando ao mundo que riqueza mesmo é ter um verdadeiro amigo.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

VISITAS

contador grátis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D