Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ANITTA BARROCO

"AQUAE FLAVIAE"

"AQUAE FLAVIAE"

SORTE INFERNAL

Vagabundeando pelo asfalto da vida,
a minha alma, maldigo a sorte !
que da esperança em voz ardida,
lentamente lhe traz a morte.
A chuva cai soprada por vento siberial
As estrelas, hà muito meus olhos não beijam
E no meio deste frio temporal,
Meus pensamentos velejam 
E eis que derrepente, 
Um pensamento para longe parte, o lar marterno 
Onde exprimo todo o meu tormento,
Dizendo, no meu coração, só existe Inverno !
No vento esta mensagem escrevo, queridos,
Na ausência de ventura, por entre campos de trevo
Vosso amado as quatro folhas procura.
Também làgrimas eu choro 
Apagàdas por lenços frios
E dos olhos eu as adoro,
Correndo como rios
Esta desventura me persegue 
Desde o colo de minha mãe !
E minha força não consegue 
Badila para o além !
Troquei-vos, pela escravidão e pelo frio !
E com voz serena vos digo, 
Que este é mais um desafio,
E que vencer eu não consigo.
Jesus ressuscitou, dizem, não sei, não vi !
Mas sou eu sim que transporto a cruz
E libertàr-me ainda não consegui
Trinta e cinco anos de penosa dor
Com o espirito jà carcumido
Pelo transporte de tão pesado andor !
Que nada tem de florido.
Ser poeta é coisa séria !
E um desafio à morte,
Todos morrem na miséria,
Todos partem sem ter sorte 
 
Por isso, das sílabas não me ocupo
Das sàbias letras sou esento
Da rima me preocupo
E dos meus poemas me contento
Bocage, Brel, tantos outros.
E Camões ? 
Suas mãos os entregaram ao destino
Delas restàram canções, que em muitas vozes são tino !
Na poesia, eu os admiro, eu os aclamo,
O Infortunio, foi sempre seu tema 
E eu por ter dois filhos que muito amo
Tenho receio e termino aqui o meu poema. 
 
  

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D